“[…]Embora tradicionalmente nos tenha sido dito que católico quer dizer universal, isso não está estritamente correto, pois há uma diferença de conotações entre os dois termos. Universal implica uniformidade, como quando dizemos, por exemplo, que graças aos computadores e aos novos meios de comunicação o inglês parece se tornar o idioma universal. Em contraposição a isso, católico, no sentido estrito e verdadeiro da palavra, implica diversidade.

Etimologicamente, católico quer dizer conforme a todo ou conforme a todos. Portanto, o católico no bom sentido, não é o que pertence a uma igreja ou a outra, mas o que reflete a grande multiplicidade de culturas, experiências, interesses e perspectivas a partir dos quais diversos grupos se aproximam do evangelho. a verdadeira cotolicidade não pode ser propriedade de ninguém, pois, por sua própria natureza, ela implica multiplicidade”.

GONZÁLEZ, J. L., CULTURA E EVANGELHO, p.96, ed. Hagnos, São Paulo, 2011

CategoriaArtigos
Comente:

*

Seu endereço de email não será publicado.

© 2013 Church Theme | Made with love.
Top
Follow us: