“Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé”. 1 João 5:4

1º. A fé que tem identidade

Hebreus 11:24: “Pela fé, Moisés, quando já homem feito, recusou ser chamado filho da filha de Faraó”.

A verdadeira fé afirma a nossa personalidade em Cristo. Ela não nos despersonaliza, fazendo-nos ser quem não somos.

Duas verdades:

  • “Quando já homem feito”maturidade espiritual

Efésios 4:13: “Até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo”.

Quando somos “meninos”, precisamos que outros nos protejam. Somos propensos a “ventos de doutrinas”:

Efésios 4:14: “para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro”.

  • “Recusou ser chamado filho da filha de Faraó”saber o que quer e o que não quer.

Quando nossa identidade está consolidada em Cristo, selecionamos o que fica em nosso coração. Não assumimos uma identidade que não é a nossa:

• Daniel, Hananias, Misael e Azarias.

Daniel 1:7: “O chefe dos eunucos lhes pôs outros nomes, a saber: a Daniel, o de Beltessazar; a Hananias, o de Sadraque; a Misael, o de Mesaque; e a Azarias, o de Abede-Nego”.

Daniel 1:8: “Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então, pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não contaminar-se”.

2º. A fé que não fica no Egito

Hebreus 11:27: “Pela fé, ele abandonou o Egito, não ficando amedrontado com a cólera do rei; antes, permaneceu firme como quem vê aquele que é invisível”.

O Egito é uma tipologia do “mundo” (kosmos – sistema de valores demoníacos).

  • “Abandonou o Egito” – Uma das primeiras coisas que devemos assimilar quando entregamos nossa vida a Cristo é saber que O EGITO NÃO É MAIS O NOSSO LUGAR.
  • “Permaneceu firme” – É uma fé que não retrocede porque sabe que nada no mundo pode se comparar com a glória que está guardada em Cristo:

Hebreus 11:25,26: “Preferindo ser maltratado junto com o povo de Deus a usufruir prazeres transitórios do pecado; Porquanto considerou o opróbrio de Cristo por maiores riquezas do que os tesouros do Egito, porque contemplava o galardão”.

  • “Como quem vê aquele que é invisível” – é uma fé que se alicerça em valores invisíveis/ eternos (o mundo busca o que é visível/ passageiro).

 3º. A fé que salva

Hebreus 11:28: “Pela fé, celebrou a Páscoa e o derramamento do sangue, para que o exterminador não tocasse nos primogênitos dos israelitas”.

É a fé que olha para o Cordeiro (Jesus).

De nada adiantará a sua fé se ela não apontar para Cristo, se ela não fizer de Cristo o alvo/fim dela.

Há pessoas que querem fé para vencer, para prosperar…, mas a verdadeira fé nos leva a experimentar o perdão dos nossos pecados e a herança da salvação.

João 1:12: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome”.

1Co 5.7b; Hb 9.22; Is 53.

4º. A fé que cruza fronteiras

Hebreus 11:29: “Pela fé, atravessaram o mar Vermelho como por terra seca; tentando-o os egípcios, foram tragados de todo”.

Não é uma fé estática, que não sai do lugar, mas que nos leva a experimentar novas dimensões de experiências em Deus.

  • Todos nós temos “mares vermelhos” a serem atravessados.
  • Uma fé que me põe no comodismo, que não me faz ousar, não é fé.
  • Que em 2013 cruzemos as fronteiras espirituais!
  • Não é uma fé que acomodada, é uma fé que avança.

5º. A fé que persiste

Hebreus 11:30: “Pela fé, ruíram as muralhas de Jericó, depois de rodeadas por sete dias”.

  • A verdadeira fé não é imediatista. Ela sabe esperar o tempo de Deus.
  • A fé não desiste, mas persiste até que…!
  • Não importa quantas voltas você precise dar, não desista: as muralhas vão cair!
  • As grandes conquistas não foram para aqueles que desistiram de primeira, mas para aqueles que persistiram até verem seus sonhos se cumprindo!

6º. A fé acolhedora

Hebreus 11:31: “Pela fé, Raabe, a meretriz, não foi destruída com os desobedientes, porque acolheu com paz aos espias”.

Lucas 10:5,6: “Ao entrardes numa casa, dizei antes de tudo: Paz seja nesta casa! Se houver ali um filho da paz, repousará sobre ele a vossa paz; se não houver, ela voltará sobre vós”.

Mateus 10:40: “Quem vos recebe a mim me recebe; e quem me recebe recebe aquele que me enviou”.

Mateus 10:41,42: “Quem recebe um profeta, no caráter de profeta, receberá o galardão de profeta; quem recebe um justo, no caráter de justo, receberá o galardão de justo. E quem der a beber, ainda que seja um copo de água fria, a um destes pequeninos, por ser este meu discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá o seu galardão”.

“A meretriz”! – Não importa o que a pessoa é ou foi, se ela acolher a mensagem de salvação pela fé, seu nome será escrito no livro da vida.

7º. Não é uma fé infalível– VS.32-34

“Da fraqueza tiraram forças”

Aqui reside o paradoxo do Evangelho: Deus usa pessoas fracas para mostrar a Sua força.

1 Coríntios 1:26-28: “Irmãos, reparai, pois, na vossa vocação; visto que não foram chamados muitos sábios segundo a carne, nem muitos poderosos, nem muitos de nobre nascimento; pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes; e Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são”.

CONCLUSÃO

Vs.35-40

A maior lição que podemos aprender sobre fé é que ela pode ser exercida por pessoas comuns como eu e você. Ela não é um atributo de super-heróis.

Marcos Arrais

CategoriaEstudos Bíblicos
  1. 8 de julho de 2016

    olha q msg linda

Comente:

*

Seu endereço de email não será publicado.

© 2013 Church Theme | Made with love.
Top
Follow us: