Você é generoso? A Bíblia nos ensina que somos mais abençoados quando damos do que quando recebemos:

“Em tudo o que fiz, mostrei-lhes que mediante trabalho árduo devemos ajudar os fracos, lembrando as palavras do próprio Senhor Jesus, que disse: ‘Há maior felicidade em dar do que em receber’” (Atos 20.35)

Tenha cuidado para não confundir “pechinchar” com aproveitar-se dos outros. Pague o que é justo – assim você estará abençoando o trabalho de alguém e semeando na sua própria vida. Não queira receber aquilo que não é seu por direito e cobre o que é justo.

Honrar o trabalho das pessoas é reconhecer o valor que cada um tem. Rejeite a cultura do “tirar proveito”, do “se dar bem”, pois a Bíblia nos diz que: “O Senhor repudia balanças desonestas, mas os pesos exatos lhe dão prazer” (Pv 11.1); “o salário do homem que trabalha não é considerado como favor, mas como dívida” (Rm 4.4); e ainda: “Não amordace o boi enquanto está debulhando o cereal e o trabalhador merece o seu salário” (1Tm 5.18).

Devemos ser generosos porque isso é próprio do caráter de Cristo que nos abençoa sem medida (Mt 5.45). Devemos aprender a honrar nossos pais, líderes, irmãos em Cristo e todos aqueles que têm sido bênção em nossas vidas.

Isso não significa que só aqueles que são abastados financeiramente têm esse dever. Pelo contrário. A generosidade é uma atitude de coração e não uma questão do quanto temos:

“No meio da mais severa tribulação, a grande alegria e a extrema pobreza deles transbordaram em rica generosidade. E não somente fizeram o que esperávamos, mas entregaram-se primeiramente a si mesmos ao Senhor e, depois, a nós, pela vontade de Deus” (2Co 8.2,5).

Lembremos da viúva “pobre” que tirou de tudo quanto tinha para oferecer ao Senhor. Esse gesto sacrificial é um exemplo do verdadeiro espírito cristão: Marcos 12.41-44.

Jesus nos ensina que a generosidade atrai generosidade e que mesquinhez atrai ruína:

“Considerem atentamente o que vocês estão ouvindo”, continuou ele. “Com a medida com que medirem, vocês serão medidos; e ainda mais lhes acrescentarão. A quem tiver, mais lhe será dado; de quem não tiver, até o que tem lhe será tirado”. (Mc 4.24,25)

Devemos aprender a nos alegrar na generosidade, pois só o fato de podermos abençoar alguém, por si só, já seria uma grande bênção!

“Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria” (2Co 9.7).

CategoriaPastoral
© 2013 Church Theme | Made with love.
Top
Follow us: